#DiaMundialdoRock – extraindo insights sobre a audiência em eventos.

Celebrado no Brasil em todo dia 13 de julho, como referência ao evento Live Aid de 1985, o Dia Mundial do Rock já é das celebrações mais exaltadas por brasileiros em mídias sociais. Prova disso é o expressivo número de mais de 50.000 tweets registrados apenas no dia do evento.

Diante de um estilo com características de afirmação e contestação, era esperado que milhares de usuários de Twitter se manifestassem exaltando suas preferências musicais, também por se tratar de um estilo repleto de subgêneros, alguns controversos entre si. Uma excelente oportunidade para obter insights sobre os interesses desta audiência.

Monitorei durante o evento um total de 47.650 tweets com a tag #DiaMundialdoRock. Utilizei a base de dados para construir o grafo abaixo, como forma de analisar como a audiência envolvida no tema está relacionada.

Rede de perfis que menciona a tag #DiaMundialdoRock
Centro da rede de perfis que menciona a tag #DiaMundialdoRock

O grafo utiliza a modelagem Force Atlas 2 para posicionar os perfis com mais afinidade mais atraídos entre si. Foi aplicada a estatística de grau ponderado médio de entrada (Weighted in-degree) para dar diâmetro aos nós, como forma de detectar usuários mais influentes. As cores foram determinadas segundo a estatística de modularidade, organizando os nós por grupos de interesse semelhantes.

A imagem acima apresenta o centro da rede, de forma a exibir apenas os usuários que criaram algum tipo de relação entre si (RTs ou menções). Destaca-se o quanto a rede de usuários é densa e, portanto, bastante interconectada. Mesma observando as cores, não se notam clusters muito afastados um do outro. Também não é possível notar alto número de usuários muito influentes (nós com maior diâmetro), exceto pelos dois nós em rosa que representam perfis de sátira. Apesar do tema em questão poder ser subdividido (sub-gêneros musicais, por exemplo), isso não foi observado. A conclusão é que a rede celebra o Rock como uma unidade. 

Apesar de densa e sem a presença de grupos muito distintos, é possível através da análise dos termos mais frequentes nos mais de 47 mil tweets analisados, com objetivo de se obter insights sobre gostos e perfil do público de forma bastante prática. O resultado pode ser visto na imagem seguinte:

Para a construção da nuvem de tags foi contabilizada a ocorrência de cada palavra em toda a base de dados. Considerei nesta apenas os termos relacionados à estilos musicais, bandas e personalidades do Rock.

Termos mais frequentes relacionados a bandas, estilos e personalidades.
Termos mais frequentes relacionados a bandas, estilos e personalidades.

O uso de nuvens de tag é uma forma bastante eficaz de analisar o conteúdo de um grande volume de menções em mídias sociais. Com esta análise é possível obter insights sobre alguns dos interesses da audiência (bandas e estilos), que podem ser utilizados, por exemplo, para a criação de conteúdos e anúncios direcionados aos fãs do estilo musical.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s